Comandos de Importação
 
Formato dos comandos
Os Comandos de Importação sempre devem ser colocados após o nome do Registro ou do Atributo, separados por ponto e vírgula (;) entre si. Cada comando deve receber um valor com o símbolo de igual (=). No exemplos a seguir os espaços entre os símbolos e os comandos não são necessários, servem apenas para dar maior clareza.
Um Atributo chamado Nome Curso do tipo texto, pode ser formatado assim:
Nome Curso ; tipo = texto ; descrição = Nome do curso. ;
Muitos comandos permitem mais de uma grafia. Os comandos podem ser dados em qualquer idioma, inclusive misturados entre si na mesma linha.
Comandos de Registros
Comandos de Registros são dados logo após o nome do Registro, na mesma célula.
Comando Descrição Valor
descrição
descricao
Descrição do Registro. texto
manter removido Os dados removidos deste Registro podem ser recuperados. sim/s ou não/nao/n
remover associação
remover associacao
remover assoc
Quando um dado deste Registro for removido todos os demais dados associados a ele serão removidos em cascata. Muito cuidado ao usar este comando pois pode causar a remoção de muita informação num único clique. Sem este comando, quando houver dados associados a remoção não será permitida. sim/s ou não/nao/n
 
Comandos de Formatação de Atributos
Comandos de Formatação de Atributos devem ser colocados logo após o nome do Registro, na mesma célula.
Comando Descrição Valor
tipo Tipo do Atributo. Da tabela Tipos dos Atributos.
descrição
descricao
Descrição do Atributo. texto
obrigatório
obrigatorio
Valor obrigatório. sim/s ou não/nao/n
ordenação
ordenacao
Atributo utilizado para a ordenação dos dados. sim/s ou não/nao/n
filtro parcial
filtro valor parcial
Apenas Atributos com esta propriedade podem ser usados em buscas pela parte inicial do texto ou por ordenação numérica ou de data. sim/s ou não/nao/n
filtro exato
filtro valor exato
Atributos com esta propriedade podem ser usados em buscas por igualdade. sim/s ou não/nao/n
moeda Símbolo da moeda para Atributos tipo Moeda. Ignorado nos demais tipos de Atributos. texto
separador decimal
sep dec
Separador decimal dos tipos número ou moeda. caracter
separador milhar
sep milhar
Separador de milhar dos tipos número ou moeda. caracter
casas decimais
decimais
Casas decimais de números e moedas. número
max
máx
máximo
maximo
Para tipos números é o valor máximo permitido. Para tipos textos é o número máximo de caracteres permitidos. número
min
mín
mínimo
minimo
Para tipos números é o valor mínimo permitido. Para tipos textos é o número mínimo de caracteres permitidos. número
valor padrão
valor padrao
Valor padrão a ser assumido pelo dado quando o usuário não o informar. Dependo do tipo do Atributo.
 
Tipos dos Atributos
texto Qualquer texto com quaisquer caracteres (limitado a um comprimento de 500).
email
e-mail
Endereço de email.
url
site
website
Endereço de site da internet.
telefone
fone
Número de telefone e símbolos relacionados.
alfanumérico
alfanum
alfanumerico
Apenas números e letras. Não permite símbolos.
alfa
alpha
Apenas letras. Não permite números nem símbolos.
número
numero
Nùmeros de propósito geral, com ou sem casas decimais.
moeda Número que representa moeda. Pode ter um símbolo prefixado.
data Datas e ou horários.
marcado
boleano
Dois estados: marcado ou não marcado.
lista Lista de seleção de valores, que podem ser fixos ou obtidos de um outro Registro.
texto leitura
label
Texto apenas de leitura. Pode ser importado, mas não pode ser alterado.
zip Formato americano/canadense de código de endereçamento postal (ZIP code)
cep CEP dos Correios.
último acesso Instante do último acesso ao dado. Não pode ser importado. É apenas exportado.
último usuário Último usuário que acessou o dado. Não pode ser importado. É apenas exportado.
última ação Última operação executada sobre o dado. Não pode ser importado. É apenas exportado.
 
Comandos de formatação de Atributos do tipo lista
Os comandos a seguir são aplicadoa apenas aos Atributos do tipo lista.
Comando Descrição Valor
tipo da lista Tipo dos elementos da lista quando forem fixos. Pode ser texto, número ou data. texto
elementos da lista Elementos da lista separados por ponto e vírgula (;). O tipo da lista será assumido como texto. texto
elementos da lista com id Elementos da lista separados por ponto e vírgula (;), mas tomados em grupos de dois para formar a lista de seleção. O primeiro elemento é o identificador mnemônico e o segundo é o texto do primeiro item na lista de seleção. O terceiro elemento é o identificador do próximo item da lista de seleção e o quarto elemento é o seu texto. Assim sucessivamente até completarem todos os itens. O número de itens da lista será igual ao número de elementos fornecidos dividido por dois. Cada elemento identificador precisa ser do tipo especificado pelo tipo da lista. texto
registro lista Referência do Registro que provê os dados da lista, quando não forem fixos. texto
nome registro lista Nome do Registro que provê os dados da lista, quando não forem fixos. Este comando não é necessário se a referência do Registro tiver sido informada. texto
atributo texto lista Referência do Atributo que será usado como texto para a lista de seleção. Este Atributo deve ser do Registro que provê os dados da lista. texto
nome atributo texto lista Nome do Atributo que será usado como texto para a lista de seleção. Este Atributo deve ser do Registro que provê os dados da lista. Este comando não é necessário se a referência do Atributo texto tiver sido informada. texto
atributo identificador lista Referência do Atributo que será usado como identificador mnemônico para a lista de seleção. Este Atributo deve ser do Registro que provê os dados da lista. texto
nome atributo identificador lista Nome do Atributo que será usado como identificador mnemônico para a lista de seleção. Este Atributo deve ser do Registro que provê os dados da lista. Este comando não é necessário se a referência do Atributo identificador tiver sido informada. texto
 
Comandos de ligação entre Atributos
Um Atributo pode ter seus valores (e suas definições) copiados de outro Atributo de outro Registro. Atributos múltiplos podem ser copiados simultaneamente permitindo que um conjunto completo de dados seja carregado (por exemplo, código, nome e descrição de um produto). Você pode dar ao usuário a opção de alterar ou não os dados após a cópia. O Registro de fonte de dados deve ser selecionado em um Atributo de tipo Lista que deve estar previamente presente na lista de Atributos.
Comando Descrição Valor
nome lista fonte cópia Nome do Atributo do tipo Lista (valores de outro Registro) de onde se obtem o Registro fonte dos dados. texto
lista fonte cópia Referência do Atributo do tipo Lista (valores de outro Registro) de onde se obtem o Registro fonte dos dados. texto
nome atributo fonte cópia Nome do Atributo no Registro fonte (definido pela lista da propriedade anterior) cujos dados serão copiados quando a lista for selecionada. texto
atributo fonte cópia Referência do Atributo no Registro fonte (definido pela lista da propriedade anterior) cujos dados serão copiados quando a lista for selecionada. texto
fonte cópia apenas leitura Ao ser copioado o valor não pode ser alterado pelo usuário. sim/s ou não/nao/n
 
Comandos para definir associações entre Registros
As associações entre Registros são definidas nos comandos do Registro (na mesma célula que o nome do Registro). Um Registro filho, ao referenciar um outro Registro pai (sempre mais a esquerda no arquivo de importação), faz com seja criado no pai um Atributo do tipo Tabela de outro Registro. Se especificado que a associação é inversa um outro Atributo do mesmo tipo também será criado no Registro filho.
Comando Descrição Valor
registro pai Referência do Registro pai, onde está o Atributo que faz a associação. Ele será criado, se não existir. texto
nome registro pai Nome do Registro pai, onde está o Atributo que faz a associação. Ele será criado, se não existir. texto
atributo pai Referência do Atributo que faz a associação no Registro pai. Somente deve ser informado quando o Atributo já existir. texto
nome atributo pai Nome do Atributo que faz a associação no Registro pai. Se ele não existir será criado com este nome. texto
exclusivo
exclusiva
A associação é exclusiva. Os dados do Registro filho somente podem ser associados exclusivamente a cada dado do Registro pai. sim/s ou não/nao/n
inverso
inversa
A associação é também inversa, ou seja, deve ser criado (se não existir) um Atributo neste mesmo Registro filho fazendo a associação inversa com o Registro pai. sim/s ou não/nao/n
nome atributo inverso Nome a ser dado ao Atributo inverso. Lembre-se que ele será criado no Registro filho. texto
tela inversa Referência da Tela a ser atribuída à associação inversa. Esta Tela deve estar definida no Registro pai. Veja Comandos para definir Telas. texto
nome tela inversa Nome da Tela a ser atribuída à associação inversa. Esta Tela deve estar definida no Registro pai. Veja Comandos para definir Telas. texto
 
Comandos para definir Telas
As Telas são definidas nos comandos do Registro (na mesma célula que o nome do Registro). Podem ser definidas quantas telas se desejar. Cada Tela é definida por um grupo de comandos que se inicia com o definição do nome da Tela (ou sua referência, quando já existir). Depois destes comandos todos os demais se referem a esta Tela, até que num novo comando de definição de nome de Tela seja encontrado (ou de referência de Tela, se já existir).
Comando Descrição Valor
tela Referência de uma Tela já existente. Todos os comandos de Tela posteriores se referem a esta Tela, até que uma outra referência de Tela ou nome de Tela seja encontrado. texto
nome tela Nome da Tela. Se ele não existir será criada. Todos os comandos de Tela posteriores se referem a esta Tela, até que uma outra referência de Tela ou nome de Tela seja encontrado. texto
atributos tela Atributos da Tela, dados por seus nomes ou referências, separados por vírgula (,). Se não for especificado significa que a Tela conterá todos os Atributos do Registro (definidos até aquele momento). Pode-se declarar as propriedades do campo da tela, logo após o nome ou a referência do Atributo, separador por dois pontos (:). Utilize as palavras leitura para indicar que o campo não pode ser editado na tela de edição (campo apenas de leitura), editável para indicar que o campo pode ser editado na listagem e ordenável para indicar que o campo pode ser ordenado na tela de listagem. Ex: atributos tela = Nome:leitura:ordenável, Status:editável:ordenável texto
apenas leitura Indica que a Tela é apenas de leitura, ou seja, não permite adição ou edição de dados. sim/s ou não/nao/n
adicionar A Tela permite adição de dados. sim/s ou não/nao/n
remover A Tela permite remoção de dados. sim/s ou não/nao/n
exportação
exportacao
A Tela permite exportação de dados. sim/s ou não/nao/n
importação
importacao
A Tela permite importação de dados. sim/s ou não/nao/n
menu A Tela não será mostrada no menu lateral vertical. As Telas que são utilizadas exclusivamente em associações não precisam aparecer no menu lateral vertical e podem ser marcadas desta forma. Isto colabora para manter aquele menu menos congestionado. sim/s ou não/nao/n
 
Comandos de referência a dados
Os dados quando exportados podem levar consigo suas referências no INubem. Estes dados podem ser alterados externamente e quando importados com suas referências podem ser atualizados no INubem. Cada linha de dado possui uma referência que deve ser informada na mesma coluna que a Definição de Registro.

Figura 1 (Clique para aumentar/reduzir)
Associações também podem ser exportadas com suas referências. Quando importadas novamente com estas referências podem ser atualizadas. A referência da associação é informada na mesma célula que a referência do dado associado, usando o comando associação =.

Figura 2 (Clique para aumentar/reduzir)
Quando não houver referências exportadas pelo INubem (ou quando o dado for novo) um Atributo que é único (não aceita valores repetidos) pode ser usado com este papel. Deve ser necessariamente um Atributo que tenha valores únicos para que o dado seja inequivocamente identificado. A indicação deste Atributo deve ser feita num dos comandos do Registro e deve informar ou a referência do Atributo com o comando atributo identificador = (ou atributo id =) ou o nome do Atributo com o comando nome atributo identificador = (ou nome atributo id =).
 
Outros comandos
A primeira linha da planilha de importação pode informar as referências dos Registros e Atributos envolvidos na importação. Esta linha pode ser omitida no caso da importação envolver uma único Registro. Quando omitida a identificação dos Atributos é feita pelo nome. Sempre que a importação envolver mais de um Registro esta linha é obrigátória.
As novas Definições de Registro não possuem referência. Neste caso, quando a primeira linha da planilha com as referências estiver presente, no seu lugar deve ser usada a palabra chave NR ou nr (Novo Registro). O mesmo vale para os novos Atributos que ainda não possuem referência. A palavra chave usada, neste caso, deve ser NA ou na (Novo Atributo).
Mesmo quando o Registro não for novo mas você não possuir a referência (ou preferir não usá-la) pode ser utilizada na lugar dela a palavra chave R ou r. No caso do um Atributo existente a palavra chave deve ser A ou a. Nos dois casos a nome do Registro ou do Atributo vai servir como identificador do mesmo.